As Singularidades das Cooperativas de Trabalho Autênticas

Eliene Gomes dos Anjos

Resumo


No contexto da reestruturação produtiva, diversas cooperativas de trabalho foram criadas no Brasil como intermediadoras da mão-de-obra. Segundo autores de referência nesse tema, essas cooperativas serviriam ao regime de acumulação flexível, ao funcionarem como um instrumento de precarização do trabalho, numa clara distorção do direito cooperativo. Ao mesmo tempo, multiplicam-se cooperativas de iniciativa dos próprios trabalhadores, caracterizadas por práticas de autogestão e por uma ênfase nos valores da cooperação e da solidariedade. Partindo da análise de dados sobre 1200 cooperativas registradas pelo Primeiro Mapeamento Nacional da Economia Solidária, essa comunicação tenciona discernir as singularidades dessas alternativas de trabalho e renda no que diz respeito às possibilidades de não reprodução das relações de exploração e de subordinação dos trabalhadores.


Palavras-chave


Cooperativas de trabalho, economia solidária, trabalho.

Texto completo:

ARTIGO

Apontamentos

  • Não há apontamentos.